botao bbzap

Área do cliente

Gestão condominial: Confira os problemas que o síndico enfrenta com geradores

/
/
Gestão condominial: Confira os problemas que o síndico enfrenta com geradores
problemas sindico enfrenta com geradores
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Cuidar da gestão condominial envolve estar sempre um passo à frente para garantir o bem estar de todos os moradores. Mas é comum aparecerem problemas que afetam o funcionamento dos espaços de convivência e são um desafio na rotina do síndico. Redução de custos, segurança e até inadimplência são bons exemplos. Já outros imprevistos estão ligados diretamente ao fornecimento de energia elétrica, o que pode deixar o síndico de cabelos em pé. Afinal, impactam no uso de elevadores, na iluminação das dependências do condomínio, câmeras e artigos de segurança e, principalmente, dentro dos apartamentos dos condôminos, que ficam sem luz para atividades essenciais.

 

Confira alguns pontos que separamos que afetam a energia e a gestão condominial:

 

Chuvas fortes

Em especial no verão, as chuvas fortes podem ser um dos problemas que o síndico enfrenta na gestão condominial. Elas são capazes de afetar as instalações elétricas e provocar uma queda inesperada de energia que dura poucos minutos ou até várias horas, por isso é essencial estar preparado.

 

Desligamento programado da distribuidora de energia

Outro ponto que afeta a gestão condominial é a programação da ENEL de desligamento (ou de outra distribuidora, a depender do estado). Esses desligamentos acontecem para que sejam feitos, de forma segura para todos, ajustes, melhorias e manutenções que evitam a falta de energia.

 

Esse é outro ponto que demanda atenção por parte do síndico.

Uma solução interessante para ambos os casos é contar com um gerador no condomínio. Afinal, o equipamento ajuda nas quedas de energia, garantindo que todo o espaço tenha luz em qualquer momento do dia. Mas para que o gerador funcione adequadamente e seja durável, como é esperado, é preciso realizar uma manutenção preventiva frequentemente, incluindo-a na gestão condominial.

 

3 Problemas que o síndico enfrenta quando essa manutenção não é realizada

 

Condensação

Esse é um dos problemas que envolvem o gerador, em especial o acúmulo de água no tanque do equipamento. Há todo um processo que acontece e acaba levando à condensação, o que provoca uma proliferação de bactérias prejudiciais à eficiência do motor.

 

6 dicas para prolongar a  vida útil do seu gerador de energia

 

Borra no tanque de combustível do gerador

Quando a limpeza do tanque de combustível não é feita com frequência, é possível encontrar mais problemas. O acúmulo de impurezas, assim como as borras provenientes da degradação do combustível por bactérias e fungos, acaba afetando o funcionamento do equipamento e até a vida útil dele!
Outro ponto é que os filtros do combustível devem ser trocados periodicamente, de acordo com as orientações do fabricante. Vale inclusive verificar com frequência o óleo do motor, para que não acumule sujeira ou fique abaixo do nível necessário.

 

Alto custo de conserto e limpeza do tanque

O que os pontos que citamos acima acarretam? Em um gasto excessivo e inesperado para contratar uma empresa especializada e realizar o conserto, o que é um grande impacto na gestão condominial.

Fora o tempo sem o equipamento, que é tão importante no dia a dia do condomínio. E como se precaver nesses casos?

 

Conheça o trabalho da ATG

Há anos, trabalhamos realizando a manutenção de grupo geradores. Contamos com uma equipe especializada, que chega até o local para realizar o atendimento em até 2 horas, e acompanhamos os nossos clientes para garantir o pleno funcionamento do equipamento.

 

Leia mais em: Como funciona um contrato de manutenção de gerador?

BBZ